African Travel Concept

Noticias recentes

App para entender as regras de visto sul-africanas

As novas leis de vistos para crianças do governo sul-africano entraram em vigor em 1 de Junho e "estão aqui para ficar", de acordo com Mayihlome Tshwete, porta-voz do Departamento de Assuntos Internos.

O departamento publicou procedimentos operacionais padrão que as companhias aéreas e a indústria de turismo devem seguir; informação também foram publicadas em seu site, para explicar as novas regras para potenciais viajantes.

Mas há uma certa confusão em torno das mudanças. Num e-mail enviado a todos os membros da Associação de Serviços de Turismo Sul Africano (SATSA), David Frost, chefe-executivo, disse que achou os documentos "complicados".

"Os regulamentos são complexos, assustadores e não são facilmente acessíveis para viajantes locais e internacionais", disse Russell Jarvis, diretor de comunicação da Travelstart África do Sul. "Viajantes precisam saber exatamente quais documentos necessitam para uma entrada fácil e livre de estresse nas fronteiras de nosso belo país."

Para ajudar potenciais viajantes a compreender melhor estas novas exigências, a Drive África do Sul criou o Child Visa Checklist App. O aplicativo fornece uma lista de verificação fácil de entender dos documentos exigidos por quem viaja de ou para a África do Sul com crianças - para o seu cenário específico.

O aplicativo baseado na Web, que funciona no celular e desktop, ajuda os usuários a ver exatamente que documentos de viagem eles precisam em apenas três cliques ou toques.

De acordo com Andre van Kets, o criador do Child Visa Checklist app, “existem 15 diferentes documentos possíveis e 37 cenários originais para crianças que viajam para e da África do Sul".

"Nós inicialmente criamos o aplicativo para que nossos consultores de viagens pudessem compreender plenamente as novas exigências de vistos para crianças, e melhor servir nossos clientes. O aplicativo foi tão bem recebido, que decidimos mudar para "open source” para que todos na indústria do turismo - e os próprios viajantes – possam acessar as informações”, diz Van Kets.

Para usar o aplicativo, o usuário seleciona uma opção em cada passo e o aplicativo exibe uma lista de documentos específicos para aquele cenário.

O aplicativo foi lançado em 30 de Maio e desde então foi acessado mais de 8 000 vezes por usuários da África do Sul e de 102 outros países, incluindo o Reino Unido, Alemanha, Países Baixos, Itália, Austrália, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Suazilândia , Moçambique e Malawi.






l cancel