African Travel Concept

Noticias recentes

V&A Waterfront irá desenvolver terminal para cruzeiros

A Autoridade Portuária Nacional Transnet concedeu ao V&A Waterfront (Pty) Ltd o estatuto de candidato preferido para o desenvolvimento de um terminal de cruzeiros no porto da Cidade do Cabo.

Uma vez que todas as negociações forem concluídas, o V&A Waterfront irá investir pouco menos de R179 milhões para financiar, projetar e desenvolver o terminal. Além disso, o acordo inclui a operação, manutenção e transferência da posse da instalação de volta para a TNPA após um período de 20 anos.

A instalação permanecerá no cais E, Duncan Dock, no porto da Cidade do Cabo. Uma vez concluída, será capaz de acomodar a frota de navios de passageiros atual e futura do porto. Prevê-se igualmente que a instalação irá abrigar serviços de varejo e hospitalidade de valor agregado.

"O terminal de cruzeiros modernizado da Cidade do Cabo a ser desenvolvido pelo V&A Waterfront será uma porta de entrada para uma experiência africana única em turismo de cruzeiros", disse o Chefe Executivo da TNPA, Richard Vallihu. "A Transnet está animada em desempenhar um papel na consolidação da Cidade do Cabo como um destino de referência na África e no mundo. A cidade se beneficiará de uma instalação de classe mundial que irá atrair mais cruzeiros internacionais, criar empregos e reforçar a oferta turística não só da cidade-mãe, mas da África do Sul como um todo ", disse ele.

O CEO do V&A Waterfront, David Green, disse: "Nós reconhecemos que o turismo de cruzeiros é uma das áreas de mais rápido crescimento de turismo. A nossa área de responsabilidade é a de contribuir positivamente para a Cidade do Cabo, o Cabo Ocidental e a África do Sul. Este prêmio é uma oportunidade de contribuir positivamente para a economia e a criação de emprego e para proporcionar uma experiência positiva para todos os visitantes.

"O terminal de cruzeiros nos dá a oportunidade de dar uma calorosas boas-vindas à nossa cidade e é importante devido a primeira impressão que vai criar da Cidade do Cabo'', disse Green.

Ele disse que havia grande margem para melhorar a experiência do passageiro após o desembarque, e também a oportunidade de trabalhar em conjunto com empresas de turismo e cruzeiros sul africanas para crescer o negócio do turismo.

Alan Winde, ministro de oportunidades econômicas no Cabo Ocidental, congratulou a notícia. "O V&A Waterfront já é um marco do turismo e pode servir como porta de entrada para o resto da região."






l cancel