African Travel Concept

Noticias recentes

Regras sul-africanas de visto para crianças vão mudar novamente

O Departamento de Assuntos Internos voltou atrás em uma concessão que concedeu no ano passado que crianças viajando para a África do Sul não teriam que ter suas certidões de nascimento traduzidas para o Inglês.

O porta-voz do departamento, Mayihlome Tshete, disse à Tourism Update que as certidões de nascimento exigidas pelas normas de imigração da África do Sul teriam de ser em Inglês. Isto, apesar de um comunicado conjunto divulgado pelos departamentos de Turismo e Assuntos Internos que declarou que uma tradução não seria necessária. Leia esta declaração aqui.

De acordo com o regulamento em vigor a partir de 1º de junho, crianças viajando de, para e através da África do Sul terão que apresentar um certificado de nascimento integral - ou o equivalente, de seu país de origem - que deve indicar o nome da mãe e do pai da criança.

Tshwete disse que as certidões de nascimento teriam que estar em Inglês para que os funcionários aduaneiros da África do Sul possam lê-los. Ele também sugeriu que a maioria dos países fornecem certidões de nascimento em Inglês. "Até mesmo os chineses e os indianos, já as fazem em Inglês", disse ele.

Quando perguntamos sobre a declaração prévia do departamento que disse que a tradução não seria necessária, Tshwete respondeu: "Nós voltamos à prancheta de desenho e chegamos a conclusão que não vai ser possível.

"Se a declaração diz isto ou aquilo é nem aqui nem lá. O que estamos dizendo agora depois de olhar para a forma como pode acontecer, é que não vai ser viável ", disse Tshwete. "A tradução vai ter que acontecer."

De acordo com Mayihlome, o departamento está ativamente engajando tanto a China quanto a Índia a ampliar o número de centros de solicitação de visto nestes países. "Fizemos alguns progressos e acordos ", disse ele, acrescentando que o departamento espera fazer um anúncio a este respeito na próxima semana.






l cancel