African Travel Concept

O Kgalagadi

Abrangendo um total de 84% da área terrestre de Botswana, o deserto semi-árido Kgalagadi ocupa  a maior parte do país. Contrariando a percepção clássica de deserto como estéril, sem vegetação, terra inútil, o Kgalagadi é vivo, com uma diversidade surpreendente de vida vegetal e animal. Ele tem amplas variações vegetais, contemplando três tipos de savana, ou seja, grama, arbustos e savanas de árvores.

Extensos pastos alimentam populações de animais selvagens e gado, favorecendo assim a terceira maior economia do país - a pecuária. A riqueza dos diamantes de Botsuana tem fomentado e sustentado um crescimento econômico enorme nos últimos 35 anos, sendo que são procurados e originados destas áreas aparentemente desoladas e secas.

Muitos animais do deserto, incluindo gazelas, órix, eland, e até mesmo o leão do Kalahari, vivem adaptados às suas condições semi-áridas, e podem viver sem água por longos períodos. A mais interessante dessas adaptações são os leões do Kalahari , que conseguem umidade dos fluidos corporais de suas presas.

Após um período de boas chuvas, o deserto se transforma, coberto com exuberantes gramas verdes e salinas indundadas – fonte de renascimento e rejuvenescimento para os animais e uma atração única para animais selvagens e aves sazonais. O Kgalagadi é uma mostra da beleza em sua forma mais natural.






l cancel